Início > Profissional > A Gestão de Projetos e Seus Inimigos

A Gestão de Projetos e Seus Inimigos

O Gerente de Projetos é chamado pra uma reunião surpresa. Na sala, reunidos, todos os grandes Diretores da companhia, bem como algumas pessoas de alto cargo de um dos clientes. A ele é passada uma rápida descrição de um projeto, a notícia de que este ficará sob sua responsabilidade… e um prazo apertadíssimo, que já está atrasado.

O que pode parecer a descrição de um filme de suspense não passa de pura realidade. É o que sofre na pele maioria dos Gerentes de Projetos atuais, independente de qual área, mas tratando neste caso mais especificamente da de TI.

Com o crescimento da quantidade de empresas de desenvolvimento, as empresas têm buscado se diferenciar não apenas pelo preço, mas também pelo prazo dos projetos. Prometem-se datas-alvo absurdas a fim de conquistar um novo cliente e, estes clientes, muitas vezes desavisados ou incapazes de mensurar o risco disso, tomam esta variável como fator de peso na decisão do prestador de serviços.

A qualidade, obviamente, fica comprometida: com menos tempo, muitas fases de análise e validação são cortadas ou diminuídas, para que a equipe possa focar exclusivamente no desenvolvimento. O resultado disso são produtos finais com uma série de falhas, e problemas que terão de ser tratados (ou tolerados) durante toda sua vida útil.

O que os Desenvolvedores (e até mesmo os Gerentes de Projeto) acabam geralmente não se questionando é o porque de ter sido acordado um prazo tão apertado. Muitas vezes não se trata de necessidade por causa de algum prazo que o cliente tenha de cumprir com um fornecedor antigo ou algo assim (o que realmente pode até acontecer), mas na maioria dos casos é apenas um prazo mal estimado por profissionais que não têm a capacidade de fazê-lo. A área de desenvolvimento invariavelmente nem é envolvida na avaliação do escopo ou do prazo do projeto, bem como o próprio Gerente de Projeto. Ou pior, este até é chamado, mas não tem a capacidade necessária para avaliar sozinho estes itens. Como resultado, a equipe de desenvolvimento recebe um escopo muitas vezes mal avaliado e com um prazo irreal. Como este já vem formalizado, resta ao Gerente e Desenvolvedores reclamarem ao vento, e bolar planos mirabolantes para que seja possível cumpri-lo.

Engana-se ainda quem pensa que esse comportamento ocorre apenas nas pequenas empresas. Muito pelo contrário: as grandes empresas é que acabam sofrendo devido inicialmente ao enorme abismo existente entre Área Comercial e de Desenvolvimento, onde as menores empresas acabam tirando vantagem, uma vez que ou não dispõem de Departamento Comercial ou quem faz as vezes desta tem o conhecimento necessário para saber o que dá ou não pra fazer e qual o tempo necessário. E é isso que faz com que as empresas menores tenham competitividade com as maiores, mesmo prestando o meso tipo de serviço.

Sou particularmente prova viva de que um projeto bem estimado, planejado e executado com os passos necessários traz resultados muito superiores, menos erros, mais qualidade e, consequentemente, clientes mais satisfeitos. E o que eu sugiro para meus amigos gestores que se deparam com situações como as citadas nesse post é: questionem e conheçam. Questionem a razão para haver um prazo tão apertado e conheçam todo o escopo do projeto para poderem contra-argumentar numa discussão. A informação, muitas vezes, é a arma necessária para ganhar esta batalha, e poder travar todas as outras com mais tranquilidade.

Anúncios
Categorias:Profissional
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: